Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

Quando se sabe que pode dançar na sapatilha de ponta ?

Dançar na ponta é um objetivo importante para uma bailarina de ballet clássico, muitas vezes comprar uma sapatilha de ponta porque o professor pediu pode ser um disperdício. Então leia essas 5 dicas e saiba se você está mesmo preparada para dançar na ponta

dica nº 1
Ter idade para "entrar" nas pontas!A idade ideal para começar a trabalhar nas pontas é controversa. Muitos especialistas acreditam que um bailarino pode começar a dançar na ponta, com pelo menos 9 ou 10 anos de idade. Alguns professores não atribuem um número a todos, eles simplesmente confiam na habilidade da bailarina. No entanto, o crescimento e fortalecimento dos pés acontecem quando estão prestes a completar 11 anos de idade ou 12 anos, muitos concordam que o trabalho da ponta poderia ser introduzido nesse momento. Nunca tente dançar nas sapatilhas de pontas, sem um professor para te orientar, vai ser fácil de você se machucar.


dica nº 2
Quantos anos de formação nas pontas!Você não pode começar uma carreira no b…

Batterment jetté

Ordenação dos Exercícios na Barra: 5- Battement Jeté Como o battementtendu, o battement jeté inicia-se na 5ª posição, podendo ser trabalhado em croix (devant, à La seconde, derriére) e alternadamente, ou seja, alternando o trabalho da perna em movimento com a perna de base. As considerações feitas no battement tendu, são também necessárias no battement jeté. O desenvolvimento é o mesmo, sendo que no battement jeté o pé é deslizado, elevando-se acima do chão, um ou 2 palmos. Nesta pequena batida, destacada do chão, o pé deve manter a sensação de estar empurrando constantemente o ar, com precisão e controle isto garantirá, toda vez que voltar, tocando o chão que o movimento seja feito com meticulosa precisão, suavidade e controle. A intenção é desenvolver nos pés, reações rápidas, ativas e vivas, as quais são essências na preparação do trabalho de allegros. Observações: Battement jeté devant: o pé segue pelo calcanhar, meia ponta, ponta (empurrando o ar – calcanhar para cima, sustentando a r…

Rond de Jambe En L’air

Ordenação dos Exercícios na Barra: 8- Rond de Jambe En L’air O rond de jambe en l’air é um exercício que se caracteriza pelo movimento semicircular, descrito pela perna, no ar. Ele pode ser executado simples ou duplo, em dedans e em dehors. É importantenotar aqui, nesta altura do desenvolvimento dos exercícios na barra, a preparação dos diferentes músculos da perna, a elevação, a sustentação, e o alongamento necessário para o trabalho en l’air. O rond de jambe en l’air pode ser desenvolvido na barra, em combinação com o battement fondu. Mantendo o alongamento do corpo numa só linha de eixo com a perna de sustentação, a outra perna é levada à la seconde, en l’air. O exercício é desenvolvido a 90 graus. A perna à la seconde deve manter o encaixe do quadril aberto. À rotação de em dehors, sustentada pelo calcanhar, musculatura das pernas e tendão de Aquiles, completamente alongados – joelho e pé, bastante esticados, formando uma só linha de continuação da perna. Desenvolvimento do rond de ja…

Battement Frappé

Aula de Ballet: Ordenação dos Exercícios na Barra: 9- Battement Frappé Este exercício é feito através de uma preparação inicial à la seconde, trazendo em seguida o pé, para sur Le cou-de-pied devant. Trata-se de um movimento brilhante executado vigorosamente, com a dinâmica dos acentos bem delineados, vivos, compassados afinadamente e com clareza. O movimento pode ser simples ou duplo (abrindo e marcado claramente as batidas) podendo ser desenvolvido devant, à la seconde e derrière. Battement Frappé Devant O pé e movimento, após a preparação, marca a batida no tornozelo da perna de apoio, rápido e vigorosamente, mantendo o calcanhar para frente, o pé bastante esticado (envolvendo o tornozelo) os dedos alongados para trás (em volta do tornozelo), sempre para cima, continuando a linha do pé. Em seguida, a perna é estendida devant (podendo ser en l’air num movimento ascendentes – 45 graus – ou pointé, (desenvolvido primeiramente). O movimento é levado pelo pé (calcanhar para cima, dedos para b…